Índia: Basta às corporações agroindustriais

Nova Délhi, Índia, julho/2012 – A privatização dos recursos da terra é uma receita para a escassez e a desertificação, para a violência contra as mulheres, a fome e, como ocorre na Índia, ao suicídio dos camponeses. Até há pouco tempo, a água e a biodiversidade na Índia eram bens comuns utilizados pelas mulheres. Este […] Continue Reading

Índia: A Coca-Cola saqueia a água e seqüestra a Justiça

Nova Délhi, 16/06/2005 – Enquanto a escassez de água está se transformando em um problema cada vez mais grave em todo o mundo, uma recente decisão de um alto tribunal de Justiça da Índia oferece uma inquietante perspectiva de como os direitos de uso da água podem acabar em contendas entre corporações multinacionais e governos locais. Em 2000 a Coca-Cola instalou uma planta em Plachimada, no Estado de Kerala. No período de um ano a água começou a diminuir e os poços estavam contaminados. A comunidade local organizou protestos que levaram o governo eleito localmente, o Perumatthy Panchayat, a não renovar a permissão concedida à empresa.
Continue Reading

O segredo do modelo nórdico: O imperialismo genético

NOVA DÉLHI, 20/01/2005 – O governo da Índia está colocando em prática políticas para liberalizar o comércio agrícola, o que está matando nossos camponeses e destruindo nossa agricultura. Mais de 25 mil agricultores se suicidaram depois de se verem asfixiados pelas dívidas em razão do aumento dos custos de produção e da simultânea queda dos preços de seus produtos. Os organismos geneticamente modificados (OGM) são introduzidos, apesar de seus altos custos para os produtores e de seus altos riscos para o meio ambiente. Após dois anos plantando sua primeira safra de OGM, o algodão Bt., os agricultores indianos conseguiram uma colheita inferior às anteriores. Entretanto, o governo repete a afirmação vazia de que os OGM são necessários para resolver o problema da fome.
Continue Reading