Rio Sena inunda Paris e força retirada de 1,5 mil moradores

O Rio Sena, que atravessa Paris, continuou a subir  e levou à retirada de cerca de 1.500 pessoas na região da Ile-de-France, incluindo a capital francesa e as zonas ao redor, de acordo com a polícia de Paris. A informação é da Agência Xinhua.

O nível da água permaneceu em nível elevado na região, onde 240 comunidades receberam alertas sobre as inundações. Cerca de 1.500 cidadãos foram convocados a deixar suas casas, disse Michel Delpuech, chefe do órgão policial de Paris.

“As águas só vão embora devagar”, disse Delpuech a repórteres, salientando que “todos sabem o que devem fazer”.

Às 15h (hora local), o Sena subiu para 5,81 metros. Chegaria ao seu pico às 18h de domingo ou no início desta segunda-feira.

“É esperado que o rio alcance seu nível mais alto, ligeiramente inferior ao alcançado durante a enchente de junho de 2016,” informou a agência de notícias do governo.

Em 2016, as chuvas torrenciais desencadearam grandes inundações, mergulhando partes das regiões centrais da França e locais de Paris no caos, quando o Sena subiu para 6,1 metros. Seis pessoas morreram nas inundações.

Uma chuva sem interrupções causou as inundações, principalmente na região de Paris, onde o alto nível da água ultrapassou as passarelas do rio e obrigou o Museu Louvre a fechar para o público o Departamento de Arte Islâmica. (#Envolverde)

O post Rio Sena inunda Paris e força retirada de 1,5 mil moradores apareceu primeiro em Envolverde - Revista Digital.

talita

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *